Perguntas frequentes

O que é o SIC?

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) é um órgão sob a tutela do Ministério do Interior de Angola, criado para tornar mais eficiente o combate à criminalidade, visando a construção de uma sociedade mais harmoniosa.

Como contactar o SIC?

Aceda por favor à página contactos

O que é a Queixa Electrónica?

O Sistema de Queixa Electrónica destina-se a facilitar a apresentação às entidades competentes de queixas e denúncias por via eletrónica relativamente a determinados tipos de crime.

Quem pode apresentar queixa?

Qualquer cidadão pode apresentar denúncia, ou seja, pessoas singulares, devidamente identificadas, nacionais ou estrangeiras, residentes em Angola.

Qual a diferença entre denúncia e queixa?

Na denúncia, relatam-se os factos mas não se apresenta a declaração de vontade.
Uma queixa é um relato dos factos acompanhado de uma declaração em que a vítima manifesta vontade de que o autor do crime seja processado em tribunal. Esta declaração pode ser feita mesmo quando ainda não se sabe quem é o autor do crime.

Qual a diferença entre denúncia e queixa?

Na denúncia, relatam-se os factos mas não se apresenta a declaração de vontade.
Uma queixa é um relato dos factos acompanhado de uma declaração em que a vítima manifesta vontade de que o autor do crime seja processado em tribunal. Esta declaração pode ser feita mesmo quando ainda não se sabe quem é o autor do crime.

A denúncia pode ser anónima?

A denúncia pode ser anónima. No entanto, recomenda-se que introduza a sua identificação, por forma a dar um melhor seguimento e tratamento ao processo.
Após verificarmos a veracidade da denúncia, será contactado por um Agente do Serviço de Investigação Criminal (SIC).

Quem pode apresentar uma denúncia?

Pessoas singulares, nacionais ou estrangeiras, residentes em Angola. O envio de denúncia pode ser anónima.
Através desta página, o cidadão pode reportar uma situação em que se sinta lesado, sobre qualquer acção feita por outra pessoa ou entidade, pretendendo assim o apoio das autoridades policiais.